16468197918_bec5b4eb3c_z

Regras de Utilização do Fablab.cr V2

29/05/2014

Regras de Utilização do Fablab.cr V2

(V1 porque estamos completamente abertos a propostas de alteração das mesmas!

V2 – Introduzida a nova designação Fablab.cr e definido artigo 15, especifico dos Open Days)

1. Com exceção dos Open Days, o uso do Fablab.cr é restrito aos sócios da DAR;

2. Toda e qualquer utilização do Fablab.cr pressupõe a publicação do projecto, processo e/ou artefactos associados para que estes possam, ao abrigo da licença do Creative Commons do site da DAR ser reproduzidos, alterados, re-adaptados e re-contextualizados mas nunca ser alvo de aproveitamento comercial que não pelos autores e pela DAR embora sempre com base em acordo prévio com o autor.

3. Toda e qualquer utilização do Fablab.cr é fruto de um projecto e só é possível após autorização da Direcção do Fablab.cr;

4. São critérios de análise do projecto:

a. O contributo para a comunidade;
b. O carácter inovador;
c. A possibilidade de que este seja posteriormente reproduzido e/ou comercializado no âmbito das Oficinas Sociais da DAR;d. Ser possível o agendamento dentro das disponibilidades de equipamentos do Fablab.cr;

5. O utente está obrigado a agendar com o(s) keeper(s) do Fablab.cr e das diferentes oficinas constituintes a utilização dos equipamentos;

6. O utente com projecto aprovado deverá assegurar as matérias-primas para protótipo sendo que para a reprodução nas Oficinas Sociais este assunto terá que ser alvo de uma análise particular;

7. São obrigações do utente:
a. Cumprir com o agendamento acordado e restringir a utilização do espaço e dos equipamentos ao agendamento acordado;
b. Manter o espaço de trabalho limpo e arrumado;
c. Ceder elementos projectuais que se acordem como relevantes para a comunidade de forma publicável;
d. Documentar fotograficamente e/ou em vídeo os processos de prototipagem;
e. Publicar online todos os elementos: Elementos publicáveis, documentação de processo e imagens finais;

8. O utente é em modo exclusivo o responsável pela execução do protótipo e operação dos equipamentos, para tal deverá primeiramente aconselhar-se com o(s) keeper(s) de forma a usar correcta- mente os equipamentos.

9. O utente, é fortemente incentivado a frequentar os workshops da DAR, principalmente os que estão diretamente relacionados com o correcto uso e potencial dos equipamentos.

10. Não é tolerado qualquer uso descuidado ou negligente dos equipamentos presentes no Fablab.cr. A detecção desta falta implicará o cancelamento imediato da utilização.

11. Em situações especiais, outros sócios, nomeadamente o(s) Keeper(s) poderão/deverão colaborar em projectos de outros, é essencial que estes sejam referenciados de forma correcta e a titulo pessoal na ficha técnica e publicações sobre o projecto/protótipo.

12. A DAR poderá em casos especiais empenhar-se em estabelecer acordos externos de forma a suprir faltas materiais ou de equipamentos de forma a concretizar um protótipo.

13. A DAR poderá em casos especiais ceder material para exposições e/ou apresentações a titulo de empréstimo e até mesmo ceder matérias-primas para produção.

14. O Fablab.cr da DAR é fruto da partilha de recursos por parte dos seus associados, tal torna essencial o cumprimento escrupuloso destas regras. O não cumprimentos implicará o cancelamento da utilização do mesmo.

15. Aos Open Days aplicam-se as regras genéricas da Fab-Charter.

O OPEN LAB É DE TODOS E PARA TODOS!

Tags: , , , ,